Simples Flask App

Mon 11 January 2016

Já sentiu vontade de criar uma simples aplicação web, mas se sentiu preso? Pois quando você via o número de configurações que eram necessárias para fazer a sua aplicação apenas dar um Hello World, você já sentia que ia demorar? Pois bem, o Python não é uma bala de prata, mas ele possui n frameworks e microframeworks que vão fazer você sentir prazer em gerar um simples Hello World.

Hoje eu quero apresentar um microframework muito conhecido e já difundido na comunidade Python, o Flask que pela sua simplicidade e robustez, merece ser o meu primeiro post hands on. E, para adicionar mais baterias ao nosso App, vamos falar um pouco de virtualenv.

Primeiro Passo - Montar o ambiente:

Se você usa Linux ou Macosx seguir esse post será muito tranquilo. Se você usa Windows, eu vou escrever um outro post só para ajudar você.

Abra o terminal e siga os passos abaixo:

pip install virtualenv

Porque não instalar logo o Flask, e partir para o que realmente interessa? Se você teve a curiosidade de abrir o link do virtualenv e dar uma lida, você já sabe o porque e para que eu iniciei esse app instalando essa lib. O que eu quero fixar na sua mente de uma forma bem simples, é que no mundo real em uma empresa web ou de qualquer ramo da tecnologia, você vai ter a necessidade de trabalhar com várias versões de Python no seu dia a dia. Cada app ou projeto que você for trabalhar, vão possuir características que irão exigir que você possua várias versões de Python na sua máquina. O virturalenv vai permitir que você possua, para cada projeto, uma versão de Python diferente, sem precisar instalar nada no Python nativo do seu sistema. E sem deixar passar despercebido, eu estou usando o gerenciador de pacote do Python o pip, com ele você irá instalar todos pacotes de python que o seu app precisa.

virtualenv /tmp/hello_world
source /tmp/hello_world/bin/activate

pip install flask

Eu não vou entrar no mérito dos comandos executados com o virtualenv, até porque a documentação explica muito bem isso. Mas logo logo eu escrevo um post, para te deixar a par.

Segundo passo - Escrever o app:

Após criar o nosso ambiente, vamos criar o nosso app. Geralmente eu crio uma pasta, então se quiser, pode fazer o mesmo. Comando executados mkdir, cd, touch são comandos bem comuns para quem já do mundo opensource. Você pode clicar em cada uma deles para obter uma descrição melhor. O último comando executando o "atom" pode ser novidade para você, mais ele é um alias para o editor Atom. Fique à vontade para usar o editor da sua preferência.

mkdir hello-world
cd hello-world
touch app.py
atom app.py

Quando eu escrevi essas linhas de código pela primeira vez, eu fiquei impressionado com a simplicidade que era para escrever uma aplicação. Cada linguagem tem o seu paradigma, mas o Python me surpreende com a sua simplicidade. Com apenas as 9 linhas de código abaixo a sua aplicação está pronta para ser executada.

from flask import Flask

app = Flask(__name__)

@app.route("/")
def home():
    return "HelloWorld"

if __name__ == "__main__":
    app.run()
python app.py

Terceiro passo:

Esse é o passo mais importante. Não pare de aprender e compartilhar.

Category: Dev Tagged: python flask dev

Comments